Estante do Refúgio: Fevereiro 2015

27/02/2015

5 músicas que viciam


Oi gente, fazia um tempinho que eu não vinha aqui com músicas novas, por isso hoje eu resolvi fazer um playlist de 5 músicas que viciam (pelo menos, eu viciei hahaha).

1º lugar: Rude - MAGIC!


Creio que essa música já esteve em um dos posts aqui do blog, mas eu estou viciada nela tem alguns meses e resolvi colocar ela aqui de novo. Adoro esse ritmo que ela possui, a letra é muito legal e fácil de ser cantada. Como vocês podem ver, é uma versão acústica, eu costumo ouvir a original, mas como ela já esteve aqui uma vez, resolvi dar uma variada, essa versão também é muito boa!

"Posso ter sua filha pelo resto de minha vida?
Diga sim, diga sim pois eu preciso saber
Você diz, "Eu nunca te darei a benção, até morrer
Que pena, meu amigo, mas a resposta ainda é não! "

Por que você tem que ser tão rude?
Não sabe que eu também sou humano?
Por que você tem que ser tão rude?
Eu me casarei com ela de qualquer jeito"

2º lugar: Take me to church - Hozier


Essa música foi minha tia que me apresentou e eu amei esse ar de suspense que ela possui. Até compartilhei ela esses dias atrás com vocês no instagram (@estantedorefugio).

"Meu amor tem humor
Ela é a risada num funeral
Sabe que todos desaprovam
Eu deveria tê-la venerado mais cedo"

3º lugar: Let her go - Passenger


Acho que essa música também já foi postada aqui, mas a melodia dela me trás tanta paz e a letra, tanto aperto no coração, ao mesmo tempo, que não posso deixar de compartilhar ela com vocês mais uma vez, fora que é muito fácil de ser entendida e cantada.

"Bem, você só precisa da luz quando está escurecendo
Só sente falta do sol, quando começa a nevar
Só sabe que a ama quando a deixou ir
Só sabe que estava bem quando está se sentindo pra baixo
Só odeia a estrada quando está com saudade de casa
Só sabe que a ama quando a deixou ir
E você a deixou ir"

4º lugar: Am I wrong - Nico & Viniz


Pra falar a verdade essa música só me contagia pelo ritmo hahaha!

"Estou errado por pensar diferente dos outros
De onde eu venho?
Eu estou errado por dizer que escolho outro caminho?
Eu não estou tentando fazer o que todo mundo faz
Só porque todos fazem a mesma coisa
Uma coisa eu sei, irei cair, mas eu vou crescer
Eu estou andando por este caminho que é meu
Esta estrada que eu chamo de casa"

5º lugar: Chandelier - Sia


Ela me deixa um pouco tensa devido ao clipe que me passa uma certa angústia, mas tem algo que me faz gostar dela (não queiram me entender hahaha).

"Vou balançar ao ritmo do lustre, do lustre
Vou viver como se não houvesse amanhã
Como se não houvesse amanhã
Vou voar como um pássaro pela noite
Vou sentir minhas lágrimas enquanto elas secam"

Enfim, espero que gostem dessas músicas assim como eu gosto. Deixem a opinião de vocês logo abaixo!
Beijos da Mands.



25/02/2015

A Escolha - Resenha



Nome: A Escolha
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Número de páginas: 352

Sinopse:

"No aguardado terceiro volume da série A Seleção, America já fez sua escolha, mas ainda há muitas outras em jogo. Com o fim do concurso cada vez mais próximo, e as ameaças rebeldes ao palácio ainda mais devastadoras, ela precisará lutar para alcançar o futuro que deseja. 
America era a candidata mais improvável da Seleção: se inscreveu por insistência da mãe e aceitou participar da competição só para se afastar de Aspen, um garoto que partira seu coração. Ao conhecer melhor o príncipe, porém, surgiu uma amizade que logo se transformou em algo mais¿ No entanto, toda vez que Maxon parecia estar certo de que escolheria America, algum obstáculo fazia os dois se afastarem. 
Um desses obstáculos era Aspen, que passou a ocupar o posto de guarda no palácio e estava decidido a reconquistar a namorada. Em encontros proibidos, ele a reconfortava em meio àquele mundo de luxos e rivalidades. Com essas idas e vindas, America perdeu um pouco de espaço no coração do príncipe, lugar que foi prontamente ocupado por outra concorrente. Para completar, o rei odiava America e a considerava a pior opção para o filho. Assim, tentava sabotar a relação dos dois, inventando mentiras e colocando a garota em prova a todo instante. 
Agora, para conseguir o que deseja, America precisa cortar os laços com Aspen, conquistar o povo de Illéa e conseguir novos aliados políticos. Mas tudo pode sair do controle quando ela começa a questionar o sistema de castas e a estratégia usada para lidar com os ataques rebeldes"


Agora estou aqui resenhando o último livro da trilogia "A Seleção"! Estou sentindo tanta falta da America e do Maxon no meu dia a dia... nunca pensei que isso fosse acontecer comigo, mas a história realmente me prendeu. E agora que estou resenhando o último livro, está me dando um aperto no coração por saber que é o fim </3
Enfim, assim como os outros dois, a leitura flui super bem, a escrita é ótima, o tamanho da letra, as páginas e a capa também são perfeitas, aliás, entre os três livros, "A Escolha" tem a melhor capa de todas (e a melhor história também)!
Foi um imenso prazer poder viver como a America, a autora escreve tão bem que eu consegui sentir o que ela transmitia e isso é uma das coisas que eu dou mais valor nos livros até mesmo porque todos os livros em geral tem esse objetivo: nos tirar deste mundo cruel e nos levar para outro, ainda melhor, só que o problema é que nem todos tem esse poder, mas é claro que Kiera Cass conseguiu isso, e é por isso que eu aguardo o próximo livro, A Herdeira, ansiosamente!
Super recomendo, 5 estrelinhas, sem dúvidas.
Espero que tenham gostado, comentem o que acharam logo abaixo.
Beijos da Mands!


23/02/2015

Island of Adventure - Indo para a Disney #5


Oi gente, mais uma vez venho com outro parque para apresentar para vocês, mas este não fica no complexo da Disney, e sim, da Universal, o nome dele é Island of Adventure e se você está focado (a) em brinquedos, e não na magia, este é o lugar certo! Comparando com a Disney, este parque é mais desorganizado, não tem as mesmas vantagens que a Disney possui e nem o mesmo atendimentos, fora que nem todas as filas são ventiladas, mas o brinquedos, sem dúvidas, são os melhores!


Se vocês estão perdidos, recomendo que leiam os outros post dessa série:



  • Brinquedos que fui:
Gente, eu não consigo me lembrar de muuuitos brinquedos que eu tenha ido neste parque, mas vou recomendar os melhores, já que esses são inesquecíveis!
  1. Harry Potter and the Forbidden Journey: para os fãs de Harry Potter, ATENÇÃO, vocês precisam visitar este lugar, é como estar em Hogwarts! Tem até o olograma do Harry, Hermione, Rony e Dumbledore. Os quadros se mechem e esse briquedo simula uma viagem por uma aventura emocinante em um vassoura. Foi um dos brinquedos mais realista que fui e tudo é fantástico, vocês não podem perder de jeito nenhum!


  1. The Amazing Adventures of Spider-Man: este é o brinquedo do homem-aranha que é i-nes-que-cí-vel! É uma aventura por todo cenário deste filme, e é tudo em 3-D parecendo muito real!

  1. The Incredible Hulk Coaster: está é a famosa montanha-russa do Hulk. Eu fiquei com muito medo antes de ir, mas é muito legal, não tem nenhum impacto e é bem rápido, vale a pena!

  1. Jurassic Park River Adventure: esse é um brinquedo que tem o mesmo efeito do "Splash Mountain", da Disney. Estamos passeando em um lugar cheio de dinossauros e de repente caímos em uma queda MUITO grande, é bem emocinante!

  • Roupas e comidas:
Como já disse, as comidas são sempre porcarias em geral e a roupa tem que ser confortável e de tênis.

Sobre os parques da Universal eu não tenho muito o que falar, o parque se resume basicamente nos brinquedos.
Espero que tenham gostado do post, segunda-feira que vem tem mais!
Deixem suas perguntas logo abaixo que responderei no próximo post.
Beijos da Mands!







20/02/2015

A Elite - Resenha


Oi gente, tudo bem? Hoje eu venho com mais uma resenha da Kiera Cass, vamos conferir?


Nome: A Elite
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Gênero: Romance
Número de páginas: 360

Sinopse:

"A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda, ela sente que é nele que está o seu conforto. Porém, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher."


Então, eu amei a trilogia toda, acho que é a melhor que já li, toda a história me fascinou de várias formas. Porém, dos três livros, o que eu menos gostei foi A Elite, simplesmente porque achei a America muito indecisa, ela só tinha duas opções, a escolha estava muito clara do que seria certo a fazer, não tinha porque enrolar tanto. Mas mesmo que isso tenha me atrapalhado um pouco, a forma narrada me incentivou a ir até o final e muitos acontecimentos ocorreram, me prendendo mais ainda.
A capa desse livro foi a que eu menos gostei, mas mesmo assim eu não deixei de gostar (me entendem?), acho que o rosto da garota poderia ficar um pouco mais escondido.
Apesar de tudo isso que eu disse, a leitura deste é indispensável para que você leia "A escolha" que é o melhor livro de toda a trilogia, e por isso levará 4,5 estrelinhas.
Espero que tenham gostado, comentem o que acharam nos comentários logo abaixo.
Beijos da Mands!

18/02/2015

A Seleção - Resenha


Oi galerinha, tudo bem?
Como estava na minha meta de livros, terminei a trilogia de "A Seleção". Levei quatro dias para ler tudo e me apaixonei por cada palavra que Kiera Cass escreveu. Vamos conferir?


Nome: A Seleção
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Edição: 12ª
Número de páginas: 361

Sinopse:

"Para trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças de dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. 

Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. 
Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar."


Bem, vou começar a resenhar "A Seleção" primeiro de todos os livros (óbvio). Não sei pelo o que começar; falar da capa maravilhosa que esse livro tem? Falar de como a narrativa flui e a gente não consegue parar até o último ponto final? Falar de como me apaixonei pelo Maxon e desejei que Aspen morresse em um ataque rebelde? (Não me achem tão má, por favor!)
Como vocês podem ver, eu amei o livro. Mergulhei nessa história, sofri pela America e me emocionei por Maxon, eu não parava de pensar nessa história um minuto se quer do meu dia, fiquei me imaginando ser America, com aqueles vestidos maravilhosos andando pelo belo palácio que ela tanto elogiava.
Sem dúvidas alguma essa série entrou para minhas favoritas e com certeza levará 5 estrelinhas, super recomendo!
Espero que tenham gostado, deixem o que acharam nos comentários.
Beijos da Mands!

16/02/2015

Indo para Disney - Epcot #4


Oi gente, tudo bem?
Como hoje é segunda-feira, venho aqui com mais um post da série #IndoParaDisney, e hoje falarei do Epcot (sim, é aquele parque que tem uma bola gigante na entrada).


Para quem está perdido, recomendo que olhe os seguintes posts primeiro:


Enfim, para quem não sabe, o Epcot é um parque que possui uma série de pavilhões de países diferentes (Canadá, China, França, Alemanha, Itália, Japão, Mexico, Marrocos) e esses pavilhões são ambientados da mesma maneira que essas países são, possuindo sempre uma loja grande com produtos desta determinada nacionalidade. Assim como o Magic Kingdom, recomendo que vá nesse parque dois dias seguidos, ele não é gigante, mas tem muitos detalhes nessas lojas que poderíamos conhecer, que não podem passar despercebidos, e acabam passando por pura pressa. 

  • Brinquedos que fui:
Como vocês perceberão, será um dia um pouco mais educativo (mas não caia na bobeira de achar que são coisas chatas, o parque é repleto de tecnologia!).
  1. Test Track *Present by Chevrolet*: esse brinquedo simula uma corrida de carro igual aquelas que vemos em filmes, sabe? É fantástico e eu recomendo mil vezes!
  2. Spaceship Earth: esse brinquedo é o que acontece dentro daquela famosa "bola gigante". Entramos em um carrinho, selecionamos a nossa nacionalidade e viajamos desde os tempos das cavernas até o futuro. O bacana é que o brinquedo vai explicando o que aconteceu em cada época e você entende tudo, pois ele falará português! Eu adorei essa viagem no tempo, inclusive fui duas vezes nesse brinquedo hahaha.
  3. Soarin: esse brinquedo é o melhor do parque todo! Ele simula uma viagem no mundo de paraquedas e é a coisa mais real do mundo! Eu cheguei a ficar com medo de altura (que nem existia) hahaha. Vale muito a pena e você ficará amendrontado da maneira que podemos inventar um mundo surreal.
  4. Mission: SPACE: este é um brinquedo que simula uma viagem no espaço. Tudo é tão real que cheguei a passar mal (não muito) e fiquei com um pouco de dor de cabeça também. Eu não gostei da sensação que tudo isso me passou, mas o tamanho da tecnologia utilizada nos surpreende, e muito!
Gente, só encontrei esses brinquedos no parque, pois os outros que fui estão situados nos pavilhões, então não consegui encontrar o nome e nem me recordar quais eram. Mas esses são os melhores!

  • Visita aos personagens:
A maioria das pessoas deixam para ver o Mickey e a Minnie no Magic Kingdom, porém, aqui revelarei a maior dica de todas: eles se situam, também, em um mesmo ambiente, no Epcot e a fila é bem menor, sem contar que ficamos em uma fila só para ver o Mickey, a Minnie e o Pateta de uma vez só.


Para quem viu o post anterior, comentei sobre o aplicativo da Disney e lá vai mais uma diquinha relacionada a ele: programe no dia anterior quais personagens vocês verão no próximo parque, no aplicativo tem tudo isso informando, e não se esqueçam de conferirem o horário que os personagens estarão no lugar, pois pode acontecer de você chegar no local e já ter passado a hora dele ter ido embora (acredite, não existe nada mais pontual do que a Disney!).

  • Roupa e comida:
Como já citei nos outros posts, vá com roupa confortável e tênis (pois andará muito) e a comida não deixa de ser hambúrguer, cachorro quente e pizza. E em todos os parques será assim!


  • Show de fogos de artifício:
Antes de fechar o parque, no lago existente no parque, possui um show de fogos de artifício muito legal. Porém, eu não sei se é por causa do clima (estava chovendo neste momento), os fogos, juntamente com a água do lago, juntaram muita fumaça e acabei não conseguindo enxergar totalmente o espetáculo. Mas creio que se não estivesse chovendo, seria muito bonito também!

  • Photo Pass:
Para quem não sabe, o Photo Pass é um dispositivo onde pessoas da Disney tiram fotos com os próprios fotógrafos de lá, em alta definição. Você paga por esse cartão onde poderá armazenar todas as fotos possíveis que tirar com esses fotógrafos. Sim, pode usar um cartão só para a família toda em todos os parques da Disney e depois, quando chegar em casa, você entra no site da Disney com o código contido no cartão e todas as suas fotos estarão lá para você baixar. Muito melhor do que ter que tirar você mesmo e, assim, da para todos saírem na foto, sem contar que eles sempre sabem as posições melhores para as respectivas fotos. Eu adquiri e recomendo, fora que os fotógrafos (assim como todos os funcionários de lá) são muito simpáticos!


Hoje o post ficou um pouco menor pois o atrativo do parque são realmente os pavilhões. 
Espero que tenham gostado, deixem suas dúvidas nos comentários aqui em baixo que responderei no próximo post.
Até segunda que vem!
Beijos da Mands.





13/02/2015

Enfeitiçadas - Resenha


Oi gente!
Hoje é dia de alegria porque eu finalmente trouxe uma resenha de LIVRO nova! Hahahaha Já estava até enjoada de tanta resenha de filmes.
E pra começar bem, hoje eu trago a resenha de um livro de bruxaria, da Jessica Spotswood, Enfeitiçadas.


Nome: Enfeitiçadas
Autora: Jessica Spotswood
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 271

Sinopse:

"No leito de morte de sua mãe, Cate Cahill fez uma importante promessa: proteger a todo custo suas irmãs mais novas, Maura e Tess. Essa tarefa é mais difícil do que parece, afinal, as irmãs guardam um importante segredo: elas são bruxas. Em uma sociedade governada pela Fraternidade, instituição que pune qualquer suspeita de bruxaria com a prisão, a internação num hospício ou a morte, ser bruxa significa estar constantemente em perigo. Aos 17 anos, faltando apenas algumas semanas para que Cate decida entre se casar ou abraçar a Irmandade – braço feminino da Fraternidade –, talvez ela não consiga manter sua promessa, principalmente depois de encontrar o diário da mãe, que revela um segredo capaz de levar a família à destruição. Desesperada para descobrir alternativas, Cate começa a vasculhar livros proibidos e a encontrar ajuda em novos amigos rebeldes, tudo isso enquanto precisa lidar com eventos sociais, propostas de casamento e um romance proibido com o inadequado jardineiro da família. Se o que sua mãe escreveu for verdade, as garotas Cahill não estão a salvo – nem da Fraternidade, nem da Irmandade, nem delas mesmas. Este é o primeiro volume da trilogia As Crônicas das Irmãs Bruxas."


Então gente, hoje venho compartilhar com vocês uma informação secreta e dolorosa: Jessica Spotswood é cruel! Ela conseguiu nos prender em uma história fascinante para chegar no final e acabar o livro na melhor parte (necessito do segundos livro) </3
O livro é narrado em primeira pessoa, no tempo verbal presente e achei isso muito interessante pois normalmente os livros que leio são narrados no passado. As palavras utilizadas pela autora são diferentes do nosso dia a dia, devido a época que a história ocorre (século XIX), porém não é uma leitura cansativa ou enjoativa. 
Apesar de tudo isso, a história é cheia de altos e baixos e isso me cansou um pouco. Em um momento a história estava muito boa e em outros momentos ela me deixava enjoada e eu queria parar de ler (talvez isso tenha acontecido pois eu estava com uma mini preguiça monstro de ler, mas graças a Deus ela passou!).
Mas, mesmo assim, a autora procurou deixar a história interessante na maioria dos capítulos e as últimas 100 páginas são fascinantes, te prendem de uma maneira incrível e você não para de ler até chegar no final. Aposto com vocês que nunca conseguiriam prever o final, e foi isso que fez a história se tornar diferente.
Não posso deixar de notar que a capa desse livro é maravilhosa (e eu comprei ele só por isso).
O livro vai levar 4,5 estrelinhas devidos a esses altos e baixos citados, mas eu super recomendo e aceito "Amaldiçoadas" (segundo livro da série) de presente, pois andei vendo umas resenhas e acho que ele é ótimo hahahaha.
Espero que tenham gostado da resenha, comentem o que acharam aqui em baixo!
Beijos da Mands.


11/02/2015

Pessoas caseiras...


“Por isso, eu acredito que as melhores pessoas estão em casa. Lendo algum livro qualquer ou vendo algum filme. Não estou dizendo que as pessoas que saem para beber sexta a noite são ruins, mas é que eu não sei o por que, sempre tive uma queda por pessoas caseiras. Talvez por que elas conseguem ver graça nas pequenas coisas que passam despercebidas no dia-a-dia. Como aquele livro empoeirado que você deixou pra ler depois, uns anos atrás. Ele possuía as melhores histórias e versos, mas você nunca conseguiu acabar de lê-lo pois estava ocupada demais com o seu namorado, que uns meses depois, iria te largar. Ou até aquele álbum velho em que você tem uma foto junto do seu melhor amigo pelo qual você tinha uma queda no colegial. Hoje ele é dono da maior empresa da cidade, e sempre teve uma queda por você também, mas por algum motivo, você nunca deu uma chance pra ele pela reputação de nerd que ele levava na escola. Há coisas tão pequenas e tão importantes escondidas por aí, mas por algum motivo, nunca percebemos por que sempre estamos nos preocupando com coisas que nem valem tanto assim. E é por isso que eu gosto de pessoas caseiras. Elas prestam atenção nos detalhes, nas coisas pequenas. Elas vêem a felicidade em sorrisos, e não em festas caras. Elas conseguem ser felizes com uma xícara de café e um livro de cabeceira. Elas conseguem ser felizes com o pouco que tem.”

—  Pessoas caseiras.

09/02/2015

Indo para Disney - Magic Kingdom #3


Oi galerinha. Como toda segunda-feira, venho com mais um dia de #IndoParaDisney. Finalmente vou começar a apresentar os parques para vocês! 
Para quem está perdido, recomendo que leia os outros dois posts dessa série que estou fazendo:


No dia 11/07 (Segunda-feira), acordei cedo, estava super animada por dois motivos, 1.) estava realizando meu sonho, 2.) Downtown Disney me deixou com uma primeira impressão fantástica!
Adivinhem qual parque eu fui primeiro? Se você pensou em Magic Kingdom, você acertou e aqui vai uma dica super especial: se puder, comece exatamente por esse parque, ele é gigante e é extremamente cansativo (apesar de perfeito) e se você já estiver cansado de outros parques, talvez você não aproveite tanto igual poderia aproveitar.


Vale a pena lembrar que no dia anterior é fundamental programar um cronograma de como vai ser o dia que vem. Antes mesmo de sair de casa, confira muitos sites (assim como esse) e anote todos os brinquedos que querem ir, assim, um dia antes de você ir para o parque, você já faz o roteiro para o dia todo se não você ficará totalmente perdido (a)! Não se esqueça de fazer a rota baseado nos mapas da Disney que eu encontrei no meu hotel (não fiquei em hotéis da Disney) mas estão espalhados por todo o parque e estão disponíveis para serem baixados na internet. Acreditem, eu programei tudo isso e mesmo assim não consegui visitar 100% do parque, deixei muitas coisas para trás por falta de tempo.


Enfim, vamos a o que interessa, né?

  • Brinquedos que fui:
  1. Seven Dwarfs Mine Train: esse é a montanha russa (nada radical, sem ironia) da Branca de Neve, que tinha acabado de ser inaugurada quando eu estava lá e por esse motivo a fila estava GIGANTE! E por isso mesmo fomos nele primeiro, pois quanto mais tarde fica, maior a fila é. Outra dica bastante importante é vocês baixarem o aplicativo da Disney nos seus celulares pois eles indicam quanto tempo está a fila de cada brinquedo e fica mais fácil de garantir seu fast pass (o que é isso? Fast pass é um "fura fila". Calma! Não é fora da lei e é grátis! Você adquire ele por meio desse app ou no próprio parque, porém, é bom que peguem ele no dia anterior pois cada brinquedo possui um tanto limite dessa regalia. Você tem que marcar a hora para ir no brinquedo e só poderá reservar 3 fast's pass de uma vez e assim que acabar esses 3, você pode adquirir mais 3. Mas cuidado! Se você não comparecer na hora exata, terá uma punição!). Mas voltando ao brinquedo, apesar da fila ser gigante, ela é toda ventilada e é situada na mina dos 7 anões onde você encontrará mini jogos em alguns lugares da mina, é pura magia!
  2. Space Mountain: essa é outra montanha-russa, porém no espaço! Essa da um pouquinho de emoção pois ela é no escuro! Recomendo mil vezes!!!
  3. Brinquedo da Ariel: *não sei o nome certo* este é um brinquedo um pouco antigo, por isso não possui tanta tecnologia. Mas apesar disso, é tudo lindo e a própria Ariel se situa lá, tirei foto com ela e ela é a princesa mais linda de todas que vi! Recomendo para as crianças menores, que se encantariam com mais facilidade.
  1. Splash Mountain: imagina se estivéssemos um um passeio (lindo) em um barquinho e de repente o barquinho cai em uma decida gigante! Sim, é isso que acontece. Eu adorei!!! Mas recomendo que não vá na frente, pois você sairia encharcada de lá.
  2. Big Thunder Mountain: essa é uma montanha-russa e é um pouco mais emocionante! Recomendo bastante, apesar da fila não ser refrigerada e eu ter cozinhado lá (devia estar uns 50ºC)
  3. Haunted Massion: é uma casa mal assombrada. Vale a pena ir pois é muito bem montada e tem uns efeitos bem bacanas, mas não espere levar muitos sustos, pois só é amendrontadora para crianças de 5 anos (ou nem isso).
  4. Buzz Lightyear's Space Ranger Spin: esse brinquedo é MUITO divertido! Você fica atirando nos pontos indicados conforme o carrinho vai andando em um ambiente baseado no Toy Story juntamente com um parceiro ao lado e no final você saberá quem acertou mais baseado em seus pontos!
  5. "It's a Small world": você entra no barquinho onde vai passando por vários ambientes, cada um com uma nacionalidade diferente. Só fomos pois a fila estava em 10 minutos e estávamos ao lado, apesar de bonito é meio bobinho.
  6. Peter Pan's Flight: você embarca em uma carrinho que imita um barco voador, vale a pena só pela visão que se tem da "cidade pequenininha" que fica em baixo de nós (também é um brinquedo um pouco mais antigo).
  • Paradas:
Como eu disse, não deu tempo de visitar todos os lugares que queria e o dia foi muito corrido então acabei vendo apenas uma parada, de noite que era toda iluminada e muito bonita, apesar de que era um pouco curta demais </3 Ela se chama "Main Street Eletrical Parade", vale a pena ir, mas acho que vale mais a pena ainda aproveitar esse tempo para ir nos brinquedos, pois as filas estão menores e deixar para assistir alguma parada durante o dia que, pelas fotos e vídeos que já vi, são bem mais bonitas e longas.


  • Show de fogos de artifício:
O show que teve no castelo prosseguido dos fogos de artifícios foram as coisas mais fascinantes que já vi em toda a minha vida! A magia é tão tremenda e tão tocante que chorei do início ao fim. Por lá eu senti que ainda existiam pessoas boas no mundo, que nem tudo é tragédia ou coisa ruim. Na Disney qualquer um vira criança com brilhos nos olhos novamente. Mas atenção: recomendo que cheguem meia hora antes no castelo para que consigam enxergar todo o espetáculo. 

  • Roupas:
Quando eu fui, era verão, então estava MUITO quente! Recomendo que vá de short e blusa confortável e não se esqueça de ir de tênis, você terá que andar mais do que imagina.


  • Comida:
Gente, apesar de estarmos em um maravilhoso mundo encantado, nos devemos lembrar que estamos nos USA, isto é: hambúrguer, cachorro quente e pizza são coisas gostosas, o resto que estiver no cardápio terá um gosto muito artificial. Recomendo a Turkey Leg, que é uma coxa de peru muito gostosa, porém muito grande, uma dela da pra duas pessoas (e sobra). Outra coisa que recomendo são os picolés com formato de Mickey espalhados pelo parque, sorvete de limonada (super refrescante) e todos os refrigerantes diferentes que não existem no Brasil (tem uns que são horríveis, gostei de fanta de morange, Mountain Drew e a limonada que eles tem que na verdade é um refri). Ah! Não se esqueçam de comer pizza de pepperoni por mim, aqui no Brasil não existem pizzas tão boas iguais a de lá.

  • Dica final:
Se puderem ir neste parque dois dias, seria o ideal. A próxima vez que for lá, farei isso. Deixei muita coisa para trás (gente eu não tirei foto com a Merida por falta de tempo </3).


Enfim, acho que chega de falar, né? 
Deixem suas dúvidas aqui em baixo que responderei no próximo post!
Espero que estejam gostando dessa série de posts.
Beijos da Mands.







06/02/2015

3 personagens secundários que deveriam ter um livro próprio


Oi gente, tudo bem?
Hoje eu venho aqui trazer uma listinha de 3 personagens secundários de livros que eu acho que deveriam ter um livro próprio. Vamos lá?


1. Em "Minha Vida Fora de Série" a Priscila tem uma amiga-cunhada que se chama "Samantha". Pensa numa menina incrível! Queria ter uma amiga como essa. Ela sabe dar os melhores conselhos e sacar as melhores coisas. Acho que um livro sobre a vida dela deve ser fantástico e mega positivo!


2. Em "Fazendo meu filme" a Fani conhece uma menina brasileira no seu intercâmbio, o nome dela é "Ana Elisa" e a história de vida dela parece ser muito interessante, um livro sobre ela deveria ser espetacular!


3. O livro "Quem é você, Alasca?" poderia ter um segundo livro, sendo narrado pela própria Alasca. Ela parece ter uma vida um tanto confusa e no final deste livro ficam coisas sem explicações e se ela tivesse um livro próprio, talvez a gente entendesse um pouco mais as reações um tanto estranhas que ela possui.

Enfim, acho que é isso. Deixem aqui em baixo quais personagens vocês acham que deveriam ter um livro próprio!
Espero que tenham gostado.
Beijos da Mands!

04/02/2015

Resultado do sorteio de marcadores


Oi gente, tudo bem?
Demorou, mas saiu os resultados dos sorteios de marcadores do blog hahaha.
A promoção era o seguinte: você tinha que seguir o blog e responder "Por que você gosta de ler?", as 5 respostas mais criativas ganhariam marcadores em suas casas!


E as ganhadoras foram *suspense*...

Lavínia Rocha: 

"Ler é a forma que temos para esquecer da realidade, que pode ser muitas vezes cruel, e embarcar em outras histórias sem precisar sair minimamente do lugar. Ler é se encontrar em outras personagens e viver algo que não é seu como se fosse. Ler, para mim, é um dos melhores refúgios!"

Gabriela Azevedo:

"Ler é entrar em um mundo só seu! O autor do livro constrói um personagem e a gente recria da maneira que a gente quiser, então é maravilhoso, você poder folhear uma página, duas, virar a noite e querer que seu personagem sai das páginas. Para mim, é um prazer ler, e acho que todos deveriam conhecer esse mundo, que só você pode fazer, criar e inventar! Amo ler!"

Ana Terra:

"Bom,muitas respostas aqui disseram que gostam de ler porque entram em um mundo diferente,eu concordo parcialmente.Quando você lê,você não só entra no mundo,você tem que deixar o mundo entrar em você.A pondo de se apaixonar pelo príncipe,ter pesadelos com o vilão,e dormir abraçada pela história,e não com a história.Parece pequena e quase insignificante essa diferença,mas acredite,tudo é uma questão de perspectiva,uma questão de olhar.

Gosto de ler,mas também gosto de ser lida.Aí você me pergunta:Como assim "ser lida"?

Simples,eu gosto de ler a ponto de que cada letra,cada parágrafo,cada ponto final passe para mim.E que quando as pessoas passam por mim,não só peguem o gosto da leitura transmitido,mas que elas possam me ver como o reflexo vivo do livro.
Essa é a minha perspectiva...
Que quando eu dê um passo,ou quando eu abra a boca para falar,eu seja lida,e compreendida,assim como eu fiz com o livro."


Samantha Giese:

"Gosto de ler, amo ler. Quando estou lendo, estou viajando para outras dimensões. Posso ser quem eu quiser. Quando leio me sinto como parte da história. Sinto o que as personagens sentem. Se estão felizes, me sinto feliz. Se estão em uma situação de risco, sinto medo. Se estão em uma cena engraçada, acabo rindo junto. Ler me faz viver, me faz sonhar, me faz viajar... Me liberto desse mundo e entro em outros, totalmente desconhecidos."

Ana Carolina:

"Os livros tem histórias lindas, cheias de aventura, romance, ação e eu imagino o que se está passando bem,são o portal da imaginação! 

E a cada livro você fica sabendo uma nova história, um novo mundo, uma nova fantasia e agente acaba pertencendo a essa historia!Ler para mim é se libertar um pouco do mundo real,e testar a sua imaginação ao máximo!"


Enfim gente, foram essas maravilhosas respostas que me identifiquei!
Enviei um email para vocês para saber o endereço que mandarei os marcadores, caso não respondam em até 72h, irei escolher outra resposta!
Agradeço a todos que participaram, e para quem não ganhou, não desanime, terão outros sorteios pela frente...
Beijos da Mands!


02/02/2015

Indo para Disney - Downtown Disney #2


Oi gente, tudo bem?
Antes de começar a ver esse post, acho que seria bom que você desse uma olhada na introdução que fiz sobre a Disney, para você se situar (clique aqui).
Como eu disse, cheguei em Orlando dia 09/07/14. Logo na chegada, fomos para Downtown Disney. Esse é um lugar onde ficam muitas lojas de todos os tipos e muitos restaurantes variados. Vamos lá?


  • Lojas que fui e recomendo:


Primeiro de tudo quero que saibam que se vocês querem comprar mil bichos de pelúcia (tipo eu), comprem neste lugar! Se você for comprar nas lojinhas espalhadas pelos parques vão acabar perdendo muito tempo e não vão conseguir ver tudo que eles proporcionam (acredite, fiquei o dia todo em cada parque e nem consegui passar em todos os lugares).
Fui na loja do lego e essas vocês não podem perder!!! Por lá, tudo é feito de lego e é pertinho da próxima loja que eu super recomendo.

(Sim, isso daí é feito de lego e aquela cabeça de dragão lá no fundo também é)

A próxima loja é onde tem todos os bichinhos clássicos, aquelas orelhinhas de Minnie, vestidos de princesas, camisetas, moletons, coisas de cozinha e tudo que vocês imaginarem! Passei muito tempo nessa loja e comprei praticamente tudo lá, ela se chama "World of Disney" e eu SUPER recomendo!

  • Restaurante que recomendo:


No primeiro dia eu só fui nessas duas lojas, porém, no dia que eu estava voltando para Miami (dia 16) eu voltei lá para almoçar e fui num restaurante MUITO bacana. Se chama "Rainforest Cafe", ele imita safari por dentro, tem muitos bichos (de mentira, claro) e muita mata, fora que a comida é ótima!



  • Cirque du Soleil:
Gente, fui no Cirque du Soleil dentro do Downtown Disney, no primeiro dia que estava lá e foi FANTÁSTICO! Não tem como perder! Recomendo mil vezes!


  • Roupa:


Nesse dia eu recomendo que vá de short, pois nessa época que fui estava muito calor, mas não é preciso ir de tenis, pois não é um dia que você vai andar muito, como nos parques.

  • Dica de preço:


Fora da Disney tem muitos lugares que vendem esses bichos de pelúcia, camisetas e canecas bem mais baratos. Eu queria ter o prazer de comprar dentro da Disney, mas se você não se importa em comprar fora, vale muito a pena pois a diferença de preço é muito grande (já que na Disney é tudo caro).

Enfim, espero que tenham gostado. Deixem suas dúvidas logo abaixo que responderei no próximo post!
Beijos da Mands.



Desenvolvido por Ilaloá Design (2015)